Empresa testa máquina de doces em ônibus

Empresa testa máquina de doces em ônibus

Edmundo Leite

05 Agosto 2015 | 15h58

“Eu podia estar roubando, matando… mas estou aqui vendendo esses doces…”

Em vez da popular frase usada por alguns vendedores no transporte público, passageiros da linha 209-P (Pinheiros-Terminal Cachoeirinha) foram surpreendidos nesta semana por uma oferta diferente de chicletes, chocolates e outras guloseimas: uma máquina automática de venda de doces. Na vitrine, logo depois da catraca, cinco opções a R$1 e R$ 2 (Trident, Nesfit, Happydent, M&Ms, e bolo Ana Maria), podem ser compradas com notas e moedas.

maquina-de-doce-onibus-1

Um funcionário da empresa Sambaíba que estava no ônibus disse que a novidade começou a ser testada nos carros biarticulados juntamente com um plug para carregar celulares e rede wi-fi.

maquina-de-doce-onibus-2

carregador-de-celular-onibus-1

w-fi-onibus-1

Mais conteúdo sobre:

ônibusSambaíbaSão Paulotransporte