24 horas por dia, sete dias por semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

24 horas por dia, sete dias por semana

Redação

08 de dezembro de 2011 | 16h00

Foto: Lucas Sampaio

Conhecemos Francisco Ornellas, coordenador do Curso Estado de Jornalismo, em meados de agosto, durante as entrevistas com os pré-classificados para as atividades deste ano. Na ocasião, ele disse que os trabalhos consumiriam nossas 24 horas do dia, nossos sete dias da semana. Quando o Curso começou efetivamente, no dia 1º de setembro, “Chico” fez questão de jogar o recado mais uma vez.

Muitos, a princípio, consideraram o aviso algo surreal. Nem um dia de descanso? Nem um encontro com os amigos? Nada disso? Na verdade, não foi bem assim. Mesmo com as inúmeras matérias, as variadas palestras, os meses de passagem pela redação, todos conseguiram alguns dias de descanso e se encontraram com os amigos. Mas, curiosamente, o Curso nos acompanhou.

Seja nas discussões sobre matérias, nas conversas a respeito do Jornalismo, na – marcante e deliciosa – união entre os focas, o 22º Curso Intensivo de Jornalismo Aplicado de O Estado de S. Paulo esteve presente nas nossas 24 horas do dia, nos nossos sete dias da semana. Tudo girou em torno desses 100 dias de Curso. Não dá para negar que “Chico” tinha razão. Só estava equivocado quanto à duração dessa experiência. Na realidade, o Curso estará sempre conosco.

José Roberto Gomes, de 22 anos, cursa o último ano de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero