Editor-executivo do portal afirma que jornalismo vive uma “revolução”
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Editor-executivo do portal afirma que jornalismo vive uma “revolução”

Redação

23 de outubro de 2013 | 16h45

Mateus Tamiozzo

Ao falar sobre mídias digitais e a atuação do repórter multimídia, o editor do portal do Estadão, Luis Fernando Bovo, destaca que o jornalismo vive uma “revolução”. Para ele, a presença constante desses meios nas redações gera a necessidade de um trabalho cada vez mais ágil.

Segundo o editor, é importante pensar antecipadamente estratégias para garantir uma cobertura eficiente dos acontecimentos diários. “Os jornais tentam sobreviver e analisar o que fazer com o conteúdo digital”, explicou, durante a Semana Estado de Jornalismo. Bovo aponta as inúmeras possibilidades que as mídias digitais proporcionam na produção de materiais. “O conteúdo pode ser ampliado”, comenta, se referindo ao espaço que a Internet proporciona para adequar publicações de vídeos, textos, áudios, infográficos e fotografias.

Luis Fernando Bovo, editor do portal do Estadão (Foto: Marco Antônio Carvalho)

Sobre a atuação do repórter multimídia, Bovo aponta: “É o mais difícil porque tem que mudar a ‘chave’ do jornalista”. A atuação das faculdades na educação dos futuros profissionais de comunicação é um dos aspectos que o editor do portal Estado vê com preocupação: “Hoje, sinto falta de repórteres com um mínimo de preparação”. Bovo afirma que as “faculdades não preparam” os acadêmicos para enfrentar as novidades digitais que surgem periodicamente nas redações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: