As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como conciliar o curso com a faculdade

Redação

05 Outubro 2011 | 19h00

Aliar o curso do Estadão a tardes pelas redações do Grupo, aulas na faculdade e à finalização de um projeto experimental, também conhecido como trabalho de conclusão de curso (TCC). Esta tem sido a minha rotina, este é o meu maior desafio. Dentre os 30 focas da 22ª turma, seis ainda não têm o diploma em mãos. Destes, três – grupo no qual me incluo -, estão tendo que se dividir entre as aulas do curso e da faculdade.

Ao receber o e-mail que anunciava a minha aprovação para a segunda fase da seleção, esconder o orgulho e a felicidade tornou-se algo impossível. A empolgação, no entanto, não durou muito, ao menos não isoladamente. Logo uma questão passou a me atormentar: será que eu conseguiria dar conta do que estava me propondo a assumir? A insegurança começava a aparecer, não exatamente pelo curso em si, mas principalmente pelo projeto que estava – e ainda estou – escrevendo, um livro-reportagem sobre partos naturais realizados na cidade de São Paulo.

Em meio a uma série de dúvidas, acabei me deparando com um post aqui do Em Foca do Ivan Martínez, foca da turma que nos antecedeu.  No texto, Ivan relatava as dificuldades que tivera para finalizar o livro que escrevia sobre usuários e ex-usuários de drogas e também como conseguiu contornar a difícil situação. O post me serviu como inspiração. Vi ali que era sim possível e que o sucesso só dependeria de mim.

Na entrevista, Chico Ornellas, perguntou-me logo de cara: “Se você passar, você vem para o curso?” Sem titubear, respondi positivamente. “Tem certeza?”, insistiu ele. “Certeza absoluta!” Estava assumido o desafio, provavelmente o maior que tivera até então.

Hoje, depois de pouco mais de um mês de curso e a um mês da entrega de meu TCC, confesso que não tem sido fácil. Pressinto que as próximas semanas serão regadas a muito café e não serão poucas as noites passadas em branco. De antemão, só posso dizer que os desafios assumidos têm valido, sim, a pena. Apesar da correria, em momento algum o arrependimento chegou a passar por minha cabeça.

Cristiane Nascimento, de 23 anos, cursa o último ano de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero