As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Copo meio cheio ou meio vazio?

Redação

10 Outubro 2011 | 23h58

Mais da metade do Curso já se foi. A constatação de que está passando rápido demais é unânime. Com 50% do caminho concluído, vem o questionamento: o copo está meio cheio ou meio vazio? As opiniões se dividem no Quartel-General dos Focas. Enquanto alguns vislumbram a cereja do bolo – nosso suplemento em dezembro – outros acreditam que a maior parte do aprendizado já foi conquistada.

Minha opinião é que o copo está sempre meio cheio. Em todas as ocasiões há espaço para aprender mais. Ainda teremos pela frente uma viagem a Salvador, duas pautas experimentais para a editoria de Vida e o esperado suplemento. Isso sem contar as palestras e outros possíveis textos que ainda não nos foram comunicados.

Para os que veem o copo meio vazio, a crença é que a evolução já pode ser percebida nos textos. De fato, talvez a fase de maior aprendizado já tenha passado. As aulas com Paco Sánchez devem ter surtido o efeito que todos esperavam. De uma forma ou de outra, acho que todos sairão mudados desses 100 dias. Temos mais um mês e meio pela frente. Mãos à obra!

Leonardo Berns Gorges, de 23 anos, é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Mais conteúdo sobre:

copo cheioLeonardo Gorgesotimismo