Dicas para cobrir ‘cidades’ fora da sua cidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dicas para cobrir ‘cidades’ fora da sua cidade

Redação

17 Novembro 2010 | 20h46

Na edição de São Paulo do Estadão, a editoria de Cidades é o caderno Metrópole. Cobrir (e entender) a realidade dessa imensa capital de 11 milhões de habitantes representa um desafio diário para a reportagem. E no caso do jornalista que não nasceu, foi criado ou sequer morou em São Paulo, esse desafio é maior?

Conversei com dois ex-focas que vieram de outros lugares – Florianópolis e Belo Horizonte – e logo depois do Curso Estado de Jornalismo começaram a trabalhar na editoria de Cidades do Estadão. Confira, no vídeo, as dicas deles:

– Vitor Hugo Brandalise, natural de Videira (SC), estudou na UFSC e fez o curso dos focas em 2007. Hoje ele conhece bem São Paulo, depois de dois anos e meio cobrindo a cidade, mas procura fazer uma boa pesquisa quando o assunto é novo.

– Rodrigo Burgarelli, de Belo Horizonte (MG), estudou na UFMG e fez o curso focas em 2009. Há pouco mais de um ano em São Paulo, hoje ele considera que entende melhor seus bairros, regiões e sobre como funciona a estrutura administrativa da cidade, o que ajuda na proposição de pautas.

Mariana Congo, de 23 anos, é formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pós-graduada em Produção em Mídias Digitais pela PUC-Minas

Mais conteúdo sobre:

Mariana Congo