As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fim da estrada

Redação

08 de dezembro de 2011 | 18h00

O Curso chegou ao fim. Nesse ponto da estrada, me despeço dos companheiros de viagem, para seguir o caminho sozinha. Resta saber, qual trilha eu escolho. Já que há uma encruzilhada e ir para o norte, o sul, o oeste ou o leste pode determinar o rumo que minha carreira irá seguir. É hora de pegar caneta e passar da mente para o papel as metas, os objetivos de curto e longo prazo e os sonhos que me motivarão para os próximos anos.

A necessidade de disciplina para organizar o tempo, planejar os estudos e tocar projetos pessoais urge nesse momento. Conhecer os próprios limites e conviver com as dificuldades torna-se essencial. No meu caso, o limite é a timidez diante do público ou de um grupo de pessoas. São características que trago há tempos e que o curso de Jornalismo ajudou a minimizar. Exercícios de reportagem e a “venda” de pautas me ajudaram a ter e pensar argumentos mais sólidos.

O convívio com os colegas auxiliou-me a definir o que devo mudar a partir de agora. Pude entender o que é, e como é importante, ter uma rede de relacionamentos para a evolução da carreira. Com os conselhos e informações que recebi, percebo que me conheço mais. Deixo o curso com mais certezas, que dúvidas e já posso antever com clareza maior quais os próximos passos a seguir e os frutos que espero colher no caminho.

Talita Matias, de 23 anos, é formada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

Mais conteúdo sobre:

cursodespedidaTalita Matias