Eliane comenta falas de Bolsonaro sobre absorventes e passaporte da vacina

Laís Gottardo

11 de outubro de 2021 | 10h08

De folga no litoral paulista, o presidente Jair Bolsonaro disse que caso o Congresso Nacional derrube o veto dele no PL que previa a distribuição gratuita de absorventes higiênicos, ele irá “tirar o dinheiro da Educação e da Saúde” para custear a ação. A decisão de vetar a distribuição gratuita dos itens de higiene foi publicada na edição desta quinta-feira do “Diário Oficial da União”. Bolsonaro argumenta que o texto do projeto não estabeleceu fonte de custeio sendo, portanto, inconstitucional. Segundo o presidente, a despesa causada pela distribuição dos absorventes higiênicos é maior de R$ 100 milhões.

Bolsonaro reclamou, ainda, de não poder ir à Vila Belmiro para acompanhar o jogo entre Santos e Grêmio pelo Campeonato Brasileiro. Sem ter sido imunizado pela vacina contra a covid-19, o chefe do executivo descumpre o principal requisito para ter sua entrada autorizada nos estádios de futebol, cujas torcidas voltaram nesta semana.

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.