A ‘2ª temporada’ da CPI da Covid: o que esperar? Ouça no ‘Estadão Notícias’

A ‘2ª temporada’ da CPI da Covid: o que esperar? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

03 de agosto de 2021 | 00h10

Nesta terça-feira, 3 de agosto, após recesso do Senado, vão ser retomados os trabalhos da CPI da Covid. Esta segunda etapa de investigação da comissão deve focar na atuação da Precisa Medicamentos e da Davati Medical Supply, que atuariam como intermediárias para contratos de compra de vacinas da Covaxin e da Astrazeneca.

Além disso, a CPI da Covid tem mais de 380 requerimentos prontos para entrar na pauta. São pedidos de convocações, quebras de sigilos, informações e audiências públicas que devem orientar a atuação do colegiado até o dia 5 de novembro.

Essa volta da comissão também conta com mudanças na sua composição. A ida de Ciro Nogueira, que era titular da CPI, para o cargo de ministro da Casa Civil, deu lugar ao senador Luis Carlos Heinze (Progressistas-RS), que ocupava uma das suplências.

A vaga de suplente deixada por Heinze será agora ocupada pelo senador Flávio Bolsonaro, do Patriota do Rio de Janeiro. Para o presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, a entrada do filho mais velho do presidente na comissão não mudará os rumos dos trabalhos.

No episódio do Estadão Notícias de hoje vamos conversar com quem acompanha de perto os trabalhos da comissão, e detalha como será a volta da CPI da Covid, o repórter do Estadão em Brasília, André Shalders. Você ouve também uma entrevista com o presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM).

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bonfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Ana Paula Niederauer, Jefferson Perleberg e Julia Corá.

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.