Podcast: Escolha por André Mendonça é trágica, diz pastor

Podcast: Escolha por André Mendonça é trágica, diz pastor

Por Emanuel Bomfim

02 de dezembro de 2021 | 00h10

A aprovação do nome do ex-Ministro da Justiça e ex-Advogado Geral da União, André Mendonça, para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) está longe de ser um consenso, inclusive no campo evangélico. Em entrevista ao podcast ‘Estadão Notícias’ desta quinta-feira (2), o pastor Henrique Vieira, da Igreja Batista do Caminho, afirmou que André não representa valores democráticos, nem cristãos. Ouça entrevista no player abaixo.

“Essa dimensão que o André Mendonça expressa é antidemocrática, antilaica, não respeita a divesidade cultural e religiosa do Brasil. Trata o Estado como extensão da sua doutrina. Do ponto de vista ético, político, democrático, republicano, acho uma escolha trágica. Porque revela uma moral conservadora, violenta, intolerante, insensível, de aparalhemento do Estado para um projeto doutrinário fundamentalista.”

Após sabatina, a indicação de André Mendonça ao STF foi aprovada pelos Senado Federal por 47 votos a 32. A pressão de congressistas ligados à igrejas evangélicas se mostrou fundamental para o convencimento de muitos senadores.

No episódio de hoje do podcast, mostramos o quanto a classe política já se mobiliza para buscar esse ‘voto evangélico’ em 2022. Além de ouvir o pastor Henrique Vieira, que critica essa visão reducionista sobre os evangélicos, como se fossem uma massa de manobra, nossa reportagem também captou a análise do professor do Insper, Leandro Consentino.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim.

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer.

Montagem: Moacir Biasi.

(Foto: Gabriela Biló/Estadão)

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.