A entrada de Rodrigo Pacheco na corrida eleitoral; ouça no ‘Estadão Notícias’

A entrada de Rodrigo Pacheco na corrida eleitoral; ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Jefferson Perleberg

26 de outubro de 2021 | 00h10

A cada dia novos possíveis candidatos aparecem como terceira via para as eleições presidenciais de 2022. O grupo que tenta se distanciar da polarização de Lula e Bolsonaro deve ser o maior no pleito do ano que vem. O último nome anunciado foi o do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que saiu do DEM, futuro União Brasil, para o PSD de Gilberto Kassab.

A candidatura de Pacheco foi anunciada durante evento do partido na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, Pacheco foi o último a falar e não disse se aceitava o convite para sair candidato. Mas apresentou os pilares do discurso que deve adotar na campanha.

O ato oficial de filiação de Rodrigo Pacheco ao PSD tem todo um simbolismo por trás. Apesar de ser rondoniense de nascimento, o senador fez sua carreira política em Minas Gerais. Por isso a ideia é atrelar o nome dele a de outro mineiro muito importante para o Brasil: Juscelino Kubitschek. 

No episódio do Estadão Notícias desta terça-feira, conversamos sobre as eleições de 2022, diretamente com o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

Para contribuir nas reflexões sobre as reais chances da terceira via em 2022, ouvimos Christopher Garman, cientista político da Eurásia. E diretamente de Brasília, também vamos conversar sobre este contexto político com o repórter do Estadão, Felipe Frazão.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim.

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer.

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.