A escalada da crise com militares; ouça no ‘Estadão Notícias’

A escalada da crise com militares; ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Barbara Rubira

31 de março de 2021 | 00h10

Depois de uma breve reforma ministerial na segunda-feira, 29, com mudanças de titularidade em seis pastas, a terça-feira, 30, foi marcada por mais demissões. Na manhã de ontem, depois de uma reunião tensa, o ministério da Defesa anunciou a substituição de todos os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Além dos comandantes, estavam presentes no encontro o ex-ministro Fernando Azevedo e Silva e seu sucessor, Walter Braga Netto.

As demissões acontecem depois que o agora ex-ministro Azevedo e Silva resistiu a um alinhamento político das Forças Armadas com o governo. Os comandantes apoiaram a postura do então ministro e deixaram claro que não dariam um passo que pudesse contrariar a Constituição ou caracterizar ingerência nos outros Poderes.

No episódio de hoje, comentamos os bastidores da queda dos comandantes com a colunista do Estadão e da Rádio Eldorado Eliane Cantanhêde e o repórter do Estadão em Brasília Felipe Frazão. Também analisam os fatos o repórter especial Roberto Godoy e o ex-ministro da Defesa Celso Amorim.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim 

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Ana Paula Niederauer e Bárbara Rubira

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.