Alô, Alô venusianos! Aqui quem fala é da Terra! Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alô, Alô venusianos! Aqui quem fala é da Terra! Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

17 de setembro de 2020 | 00h05

Uma descoberta anunciada nesta semana pode mudar a atenção das agências espaciais sobre a exploração de outros planetas. Marte sempre foi a “menina dos olhos de ouro” dos cientistas pela sua probabilidade de descoberta de vida e até a de colonização pelos terráqueos. No entanto, é um planeta mais próximo e mais parecido com o nosso que apresentou uma prova importante da existência de vida extraterrestre: Vênus. O gás fosfina foi encontrado na atmosfera do planeta. Essa substância, na Terra, é produzida por microorganismos anaeróbicos, ou seja, que não precisam de oxigênio para sobreviver. Apesar do anúncio, cientistas pedem calma antes de concluir sobre a presença de vida fora da Terra.

Afinal, o que essa descoberta muda na corrida aeroespacial? Se comprovada vida extraterrestre, o que muda na forma de observar o universo? Na edição de hoje, conversamos com o professor do curso de Engenharia Aeroespacial da Universidade Federal de Santa Catarina, Alexandre Zabot, sobre o assunto.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: