As sequelas (reversíveis?) da Covid-19; ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As sequelas (reversíveis?) da Covid-19; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

24 de agosto de 2020 | 00h05

Estamos convivendo há mais de 7 meses com o novo coronavírus e, com o passar do tempo, médicos e cientistas vão descobrindo mais sobre a doença. Hoje, já se sabe que a Covid-19 não apresenta sintomas apenas na sua fase ativa, mas pode deixar sequelas, mesmo que não esteja mais no organismo do infectado. Casos de AVC, problemas cardíacos, falência dos rins e perda da força muscular, são observados em quem teve a forma mais grave da Covid-19. Agora, pacientes prologam suas recuperações em clínicas de reabilitação. Outra sequela invisível, e que tem chamado a atenção de especialistas, é o medo em retomar a rotina pelo receio de contrair a doença.

Para esclarecer todos esses pontos, na edição de hoje, conversamos com a médica fisiatra e presidente do Conselho Diretor do Instituto de Medicina Física e Reabilitação da Rede Lucy Montoro, Linamara Rizzo Battistella, e com o psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas e colunista do Estadão, Daniel Barros. Além disso, um depoimento do Antonio Pissirili, de 72 anos, que desenvolveu a Síndrome de Guillain-Barré, pós-coronavírus.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.