Banimento de Trump e o poder das Big Techs; ouça no ‘Estadão Notícias’

Banimento de Trump e o poder das Big Techs; ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Barbara Rubira

12 de janeiro de 2021 | 00h10

Na ressaca do ataque violento de apoiadores de Donald Trump ao Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, o presidente norte-americano perdeu parte importante de sua plataforma: as redes sociais.

Na quinta-feira, 7 de janeiro, Trump foi banido por tempo indeterminado do Facebook e do Instagram, após anúncio feito pelo próprio diretor-executivo das empresas, Mark Zuckerberg. No dia seguinte, foi a vez do Twitter suspender permanentemente a conta do presidente, “devido ao risco de mais incitação à violência”.

Donald Trump reagiu, afirmando que as empresas “conspiram para silenciá-lo”.  A decisão também foi recebida com críticas por seus apoiadores, e por líderes internacionais, incluindo o Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo.

Afinal, o que representa a postura tomada pelas redes? Que poder tem as Big Techs no contexto político global? No episódio de hoje, conversamos com o professor universitário, jornalista e consultor Paulo Silvestre, autor do blog “O Macaco Elétrico”, no Estadão. E o repórter do Estadão em Brasília Felipe Frazão comenta a repercussão do caso na política brasileira.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes e Bárbara Rubira

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.