Chapa Mandetta e Moro pode vingar? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chapa Mandetta e Moro pode vingar? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

29 de julho de 2020 | 00h05

Quem entra forte na disputa eleitoral em 2022 contra Bolsonaro? Essa pergunta ainda é difícil de responder, mas existem dois ex-integrantes do governo de olho nessa vaga: Luiz Henrique Mandetta e Sérgio Moro. Aliás, o ex-ministro da Saúde já declarou que gostaria de uma composição com o ex-ministro da Justiça para a disputa ao Palácio do Planalto. Apesar do desejo de Mandetta, tudo vai depender dos arranjos entre os partidos para que essa vontade se concretize. Já Sérgio Moro, insiste em dizer que não está preocupado com o pleito e que só quer participar do debate público com o intuito de ajudar nos avanços do Brasil. Mesmo sem garantir que serão candidatos em 2022, os ataques a forma como Bolsonaro governa já começaram de ambas as partes.

Afinal, Mandetta e Moro estão preparados para enfrentar Bolsonaro em 2022? Quais os desafios que terão pela frente para cativar o eleitorado? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com o editor da “Coluna do Estadão”, Alberto Bombig.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: