Colunistas do ‘Estado’ avaliam crise; ouça no podcast ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colunistas do ‘Estado’ avaliam crise; ouça no podcast ‘Estadão Notícias’

Emanuel Bomfim

28 Maio 2018 | 06h00

Programa desta segunda-feira, 28, faz um giro com alguns dos colunistas do Estadão para fazer um balanço da crise provocada pela greve dos caminhoneiros. A paralisação já dura mais de uma semana e tem gerado reflexos dramáticos no dia a dia da população. Para a editora da ‘Coluna do Estadão’, Andreza Matais, a greve expôs ainda mais a fragilidade de um governo que já sofria para terminar seu mandato. O jornalista José Nêumanne Pinto afirma que governo criou uma falsa expectativa ao dizer que as Forças Armadas poderiam resolver o problema das interdições pelas estradas. “Elas não conseguem resolver a situação do Rio, como é que vão resolver a situação do País inteiro?”. Também ouvido aqui pelo programa, o jornalista Roberto Godoy diz que governo falhou ao acreditar que estava negociando com os líderes certos.

 

Confira ainda nesta edição a nossa tradicional agenda economia da semana. Além do impacto da greve dos caminhoneiros, resultado do PIB brasileiro deve movimentar os próximos dias.

 

Você pode participar com sugestões e comentários em nossa produção de podcasts. Aguardamos o seu e-mail no seguinte endereço: podcast@estadao.com.

 

AGORA ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão acabam de ganhar um novo canal de distribuição: o serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.