Com isolamento por Covid-19, o que será dos mais pobres e informais? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com isolamento por Covid-19, o que será dos mais pobres e informais? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

18 de março de 2020 | 06h00

Diante da crise econômica causada pelo coronavírus e das mudanças que o setor produtivo teve que fazer por causa da doença, o governo brasileiro, assim como dos demais países, anunciou um pacote para minimizar os efeitos da Covid-19. O plano, em grande parte, visa a população mais vulnerável, mas, economistas apontam que as medidas, apesar de importantes, são insuficientes para assistir parte das pessoas, como os trabalhadores autônomos. Esses profissionais, sem carteira assinada, dependem da prestação de serviços para prover rendimentos no final do mês e, assim, pagar suas contas. Afinal, como o governo pretende ajudar esses trabalhadores? Por que o plano do governo não foi mais ousado?

Na edição de hoje, o depoimento de quem começa a ver seus ganhos diminuírem por causa do coronavírus. Além disso, conversamos com os economistas André Perfeito, economista-chefe da Necton Investimentos e Monica De Bolle, pesquisadora sênior do Peterson Institute.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.