Como o coronavírus atinge os sistemas neurológico e cardiovascular? Ouça no ‘Estadão Notícias’

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como o coronavírus atinge os sistemas neurológico e cardiovascular? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

06 de maio de 2020 | 06h00

A covid-19, conhecida, até então, como uma síndrome respiratória, tem se mostrado muito mais complexa do que isso. Estudos realizados no Brasil e no mundo, mostram que o novo coronavírus também é capaz de invadir o sistema neurológico e cardiovascular, levando pacientes a problemas como perda de olfato, AVCs, insuficiência cardíaca e arritmias. Além disso, estão sendo estudados casos de pessoas que desenvolveram doenças neurológicas após serem curadas da Covid-19. Afinal, o que a ciência já sabe sobre a atuação do coronavírus em outros órgãos do corpo humano?

Na edição de hoje, vamos conversar com o coordenador científico da Associação Paulista de Neurologia, Ronaldo Abraham, e com o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga. No quadro “Fique em Casa”, Renata Cafardo entrevista a cantora Izzy Gordon, sobre como está encarando o período de quarentena e autoisolamento.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: