Como os EUA estão vencendo a covid? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Como os EUA estão vencendo a covid? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Barbara Rubira

08 de abril de 2021 | 00h10

Na terça-feira, 6, o presidente Joe Biden anunciou que todos os adultos americanos poderão se vacinar contra a covid-19 a partir do dia 19 de abril. Antes, a previsão para o início da vacinação para o público geral nos Estados Unidos era 1º de maio. Mas com a aceleração da imunização, foi possível adiantar a data. Vários estados já têm vacinado adultos a partir de 16 anos há vários dias.

Estima-se que mais de 160 milhões de doses da vacina já foram administradas nos EUA até o momento. Com isso, cerca de 4 em cada 10 americanos já receberam pelo menos uma dose do imunizante. Diariamente, uma média de 3 milhões de pessoas são vacinadas no país. No último sábado, o número de doses aplicadas em um único dia chegou ao recorde de 4 milhões.

No Brasil, a falta de imunizantes faz com que a vacinação se mova ainda em ritmo muito lento, principalmente se comparado à capacidade já provada pelo Sistema Único de Saúde em campanhas anteriores. Na Europa, a lentidão também preocupa autoridades.

Como os Estados Unidos conseguiram superar sua meta de vacinas aplicadas em tão pouco tempo? E como isso tem afetado a vida de quem vive no país? No episódio de hoje, quem nos ajuda a entender a situação da pandemia nos EUA e o ritmo avançado da vacinação por lá é a correspondente do Estadão em Washington, Beatriz Bulla.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim 

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Ana Paula Niederauer e Bárbara Rubira

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.