Conexão Estadão: Bolsonaro diz que todos no governo estão ao alcance da sua caneta
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Conexão Estadão: Bolsonaro diz que todos no governo estão ao alcance da sua caneta

Gustavo Lopes Alves

05 de dezembro de 2018 | 19h46

No ‘Conexão Estadão’ desta quarta-feira, 05, o presidente eleito Jair Bolsonaro titubeou ao responder se o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, poderá deixar o governo caso seja comprovado que ele cometeu alguma ilicitude. Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal determinou a abertura de investigação para analisar as acusações de caixa 2 contra ele, feitas por delatores da J&F. “Havendo qualquer comprovação de uma denúncia robusta, contra quem quer que esteja no governo, ao alcance da minha caneta Bic, ela será usada”

Ainda sobre o presidente eleito, Jair Bolsonaro afirmou que pretende começar a votar a reforma da Previdência o mais rápido possível e dentro dos primeiros seis meses de mandato. Bolsonaro avaliou que aprovar a matéria no primeiro mês é “impossível”, mas nos primeiros seis meses “com toda a certeza o Congresso começará a votar essas propostas”.

Esta edição do ‘Conexão Estadão’ tem apresentação Emanuel Bomfim e comentários de Roberto Godoy e Andreza Matais, editora da Coluna do Estadão. O programa também é veiculado de segunda a sexta, sempre às 18h, na Rádio Eldorado (FM 107,3).

Tendências: