‘Conexão Estadão’: General Fernando Azevedo e Silva será ministro da Defesa de Bolsonaro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Conexão Estadão’: General Fernando Azevedo e Silva será ministro da Defesa de Bolsonaro

Gustavo Lopes Alves

13 Novembro 2018 | 20h22

No ‘Conexão Estadão’ desta terça-feira, 13, o presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou o nome do general da reserva Fernando Azevedo e Silva, ex-chefe do Estado Maior do Exército, para estar à frente do Ministério da Defesa em seu governo. Em setembro, Azevedo e Silva foi indicado pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, como assessor da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido do próprio presidente da Corte, Dias Toffoli.

Esta não será a primeira vez que Azevedo e Silva assumirá uma função no Executivo. Em 2011, ele foi nomeado pela então presidente Dilma Rousseff (PT) para comandar a Autoridade Pública Olímpica e, antes disso, fez a ponte com o Congresso durante o governo de Fernando Collor. O militar também desempenhou a função de Chefe de Operações na Missão de Paz da ONU, no Haiti. Leia o perfil completo do futuro ministro.

Esta edição do ‘Conexão Estadão’ tem apresentação de Emanuel Bomfim e comentários de Pedro Venceslau, Roberto Godoy e Silvia Araújo, editora do Broadcast. O programa também é veiculado de segunda a sexta, sempre às 18h, na Rádio Eldorado (FM 107,3).

FOTO:DIDA SAMPAIO/ESTADAO