‘Conexão Estadão’: Onyx Lorenzoni se irrita com perguntas sobre caixa 2 e Coaf
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Conexão Estadão’: Onyx Lorenzoni se irrita com perguntas sobre caixa 2 e Coaf

Gustavo Lopes Alves

07 Dezembro 2018 | 19h23

No ‘Conexão Estadão’ desta sexta-feira, 07, alvo de uma investigação de caixa dois pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, pediu trégua à imprensa, se irritou com perguntas dos jornalistas e abandonou uma entrevista coletiva após participar de um almoço com empresários do Lide (Grupo de Líderes Empresariais).

E ainda, a decisão do presidente eleito Jair Bolsonaro de colocar a Fundação Nacional do Índio (Funai) no novo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, pasta que será comandada pela pastora e advogada Damares Alves, causou indignação entre servidores da Funai ouvidos pelo Estadão. Damares é vista no órgão como uma defensora da atuação religiosa e missionária em aldeias indígenas.

Esta edição do ‘Conexão Estadão’ tem apresentação Emanuel Bomfim e comentários de Roberto Godoy, Pedro Venceslau e Sílvia Araújo, editora do Broadcast. O programa também é veiculado de segunda a sexta, sempre às 18h, na Rádio Eldorado (FM 107,3).