‘Conexão Estadão’: Quem vai ficar com o Ministério da Educação?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Conexão Estadão’: Quem vai ficar com o Ministério da Educação?

Gustavo Lopes Alves

22 Novembro 2018 | 20h10

No ‘Conexão Estadão’ desta quinta-feira, 22, o nome do futuro ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro segue indefinido. Na quarta, 21 ,o educador Mozart Neves Ramos foi convidado pelo presidente eleito para assumir a pasta, mas a indicação provocou reação da bancada evangélica da Câmara. O diretor do Instituto Ayrton Senna tem uma visão diferente dos parlamentares a respeito do projeto Escola Sem Partido.

Um nome que agradaria a bancada evangélica no ministério da Educação, como informa o Estadão, é o do procurador regional da República do Distrito Federal, Guilherme Schelb. Na quarta, os parlamentares estiveram reunidos com Onyx Lorenzoni para reclamar da sugestão de Mozart Neves. Schelb é abertamente defensor do projeto Escola Sem Partido e já se posicionou favorável ao tema em comissão especial sobre o assunto em 2017. Ele também afirma ser contra “discussão de gênero” nas escolas.

Esta edição do ‘Conexão Estadão’ tem apresentação Emanuel Bomfim e comentários de Pedro Venceslau e Silvia Araújo, editora do Broadcast, e participações de Roberto Godoy, Renata Cafardo e Renato Jakitas. O programa também é veiculado de segunda a sexta, sempre às 18h, na Rádio Eldorado (FM 107,3).