Conteúdo patrocinado: Empreendedores buscam causas sociais; Ouça no podcast

Conteúdo patrocinado: Empreendedores buscam causas sociais; Ouça no podcast

Bárbara Guerra

21 de dezembro de 2020 | 14h00

Temos visto cada vez mais pessoas engajadas em ações sociais e ambientais. A pandemia colaborou para que esse movimento se tornasse mais efetivo. Essas ações também fazem parte de uma linha de cultura organizacional e valores que as empresas querem seguir.

E essa onda de ajudar, colaborar e incentivar dentro do empreendedorismo não vem de hoje. Em 2009, a Dell criou o DWEN, um programa de empreendedorismo feminino. Trata-se de uma plataforma que possibilita o relacionamento entre empresárias do mundo todo, em um ambiente que permite que elas se fortaleçam, resolvam desafios e façam negócios juntas.

É aí nós entramos no empreendedorismo social, um empreendedorismo que tem como objetivo assumir um problema social para transformar a sociedade. Pra falar mais sobre esse assunto, a jornalista Bárbara Guerra conversou com uma empreendedora social, co-fundadora da agência Lynx e fundadora da startup LeVila, que visa promover a autonomia financeira das mulheres vulneráveis por meio dos seus próprios negócios, Wal Flores.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.