Copa América no Brasil: qual é a razão? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Copa América no Brasil: qual é a razão? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

01 de junho de 2021 | 00h10

Depois de Argentina e Colômbia desistirem de sediar a Copa América 2021, a Conmebol anunciou que o torneio será realizado no Brasil, com a anuência do governo federal. Inclusive, a entidade agradeceu pessoalmente ao presidente Jair Bolsonaro por ter “aberto as portas do país para a competição.” 

Ocorre que o Brasil também não controlou sua onda de contaminação da covid-19, o que levou a Argentina a declinar do torneio. O País continua enfrentando altos e baixos e novas ondas de mortes e contágios, além de ter suas UTIs em alguns Estados em utilização alta, acima dos 80%.

O Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, já avisou, através da assessoria de imprensa, que o Estado não fará parte das sedes. Senadores da CPI da Covid criticaram a realização da Copa América no Brasil. O relator, Renan Calheiros, classificou a decisão de “escárnio” e chamou o torneio de “campeonato da morte”.

No episódio de hoje, vamos abordar os aspectos sanitários, políticos e esportivos para realização da Copa América com o infectologista Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações, com o cientista político da Tendências Consultoria, Rafael Cortez, e com o editor de Esportes do Estadão, Robson Morelli.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes,  Julia Corá e Ana Paula Niederauer

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.