As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crise do Coronavírus: Governo vai conseguir salvar setor aéreo? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

19 de março de 2020 | 06h00

Desde o início da crise do coronavírus, um dos setores mais afetados pelas medidas adotadas por governantes pelo mundo foi o aéreo. Pessoas passaram a cancelar viagens e fronteiras foram fechadas como forma de se evitar a proliferação da doença. Com isso, os voos internacionais caíram mais de 80% e os domésticos, aqui no Brasil, cerca de 50%. O setor aéreo cobrava medidas do governo para não quebrarem, e elas vieram nesta quarta-feira. Afinal, elas são suficientes para salvar as empresas? Quais outros fatores tem pesado no fechamento das contas das companhias aéreas? E em relação aos consumidores, como eles ficam diante do atual cenário?

Na edição de hoje, um bate papo com a repórter do Estadão, Amanda Pupo, que conta sobre as medidas do governo para o setor. Conversamos também com o especialista em aviação e professor da Poli-USP, Jorge Leal Medeiros, que explicou os desafios das aéreas, neste período. Além disso, o especialista em direito internacional, Saulo Stefanone Alle, falo sobre os direitos dos passageiros.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: