Dança das cadeiras: Bolsonaro amplia casamento com o Centrão; ouça no ‘Estadão Notícias’

Dança das cadeiras: Bolsonaro amplia casamento com o Centrão; ouça no ‘Estadão Notícias’

Rafaela Barbosa, especial para o Estadão

23 de julho de 2021 | 00h10

Os laços entre o Presidente Jair Bolsonaro e o Centrão estão mais estreitos após o anúncio da entrada do Senador Ciro Nogueira (PP) no Ministério da Casa Civil. Apesar de ter dito, durante a campanha para Presidente, que não faria acordos com o grupo para ganhar governabilidade, Jair Bolsonaro articula uma reforma ministerial para fortalecer sua base de sustentação no Congresso e sobreviver às crises.

A novidade em Brasília também suscitou outra promessa de campanha que foi descumprida pelo presidente. Ainda como candidato, Jair Bolsonaro afirmava que iria diminuir o número de Ministérios para 15, atualmente são 23. A reforma também prevê a criação do Ministério do Emprego e Previdência, que deve ser ocupado por Onyx Lorenzoni.

Ciro Nogueira, atualmente apoiador do Presidente, já se referiu a Jair Bolsonaro como fascista e foi aliado do Partido dos Trabalhadores, antes de apoiar o Impeachment de Dilma Rousseff. O Senador é um dos alvos da Operação Lava Jato.

No episódio do Estadão Notícias de hoje, vamos falar sobre o anúncio  de uma reforma ministerial que aproxima a presidência do Centrão com o repórter do Estadão, em Brasília, Lauriberto Pompeu, e o professor e cientista político do Insper, Carlos Melo.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Gustavo Lopes

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg, Ana Paula Niederauer e Rafaela Barbosa

Montagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.