Editorial: A consagração da guerra fiscal