Editorial: Devastação da confiança