Editorial: O descompasso das eleições