‘Eldorado Expresso’: Deep Web do massacre, 1 ano sem Marielle e nova função do WhatsApp
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Eldorado Expresso’: Deep Web do massacre, 1 ano sem Marielle e nova função do WhatsApp

Diego Henrique de Carvalho

14 de março de 2019 | 13h28

O Eldorado Expresso desta quinta-feira, 14, dá sequência à cobertura do atentado a tiros na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, que deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores, e 11 pessoas feridas — uma delas em estado grave. Um velório coletivo está sendo realizado na Arena Suzano. A motivação do crime segue sob investigação. Até agora, avanços preliminares da polícia indicam que os assassinos planejaram o ato por mais de um ano. A polícia também investiga a possibilidade de a dupla ter frequentado um fórum intitulado Dogolachan na Deep Web, uma internet considerada obscura na qual pessoas anônimas incitam crimes de ódio e intolerância. Ouça no player abaixo.

Ainda nesta edição, Carolina Ercolin e Leandro Cacossi falam sobre as homenagens que marcam um ano da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes; a retomada do julgamento no Supremo Tribunal Federal que pode colocar a Lava Jato em xeque; o novo recurso de busca de imagens do WhatsApp; entre outros assuntos.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Eldorado Expresso”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link (https://www.deezer.com/en/show/338832).

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Eldorado Expresso”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link (https://open.spotify.com/show/6EsaGNxhSXR2Fx6T7E6F25?si=Jog0mqFHRhK4xkUG1_B1OQ).

 

Familiares e amigos velam os corpos das vítimas do massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo Foto: Felipe Rau/Estadão