Eleição nos EUA: o que muda após 1º debate; ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Eleição nos EUA: o que muda após 1º debate; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

01 de outubro de 2020 | 00h10

O primeiro debate presidencial dos Estados Unidos esteve mais para um bate-boca do que para um evento de proposições de ideias para o país e o mundo. O republicano Donald Trump e o Democrata Joe Biden se engalfinharam durante os 90 minutos de duração do debate. Questões como os atos antirracistas, a economia, e a pandemia do novo coronavírus estiveram no foco das discussões. O Brasil não ficou de fora, e foi lembrado por Joe Biden ao falar sobre o desmatamento das florestas no país, o que gerou criticas do governo Bolsonaro. Após o debate, pesquisas preliminares deram vitória ao democrata no encontro com o presidente Donald Trump.

Afinal, qual a repercussão desse debate? O que muda após esse primeiro encontro? Na edição de hoje, conversamos com a correspondente do Estadão em Washington, Beatriz Bulla, sobre o pós-encontro dos candidatos, e uma opinião da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, sobre a citação ao Brasil em relação ao desmatamento.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: