Eliane: ”Além de ‘pazuelando’ Queiroga está se ‘bolsonarizando”

Laís Gottardo

08 de outubro de 2021 | 10h55

A CPI da Covid aprovou requerimento para convocar o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a depor novamente no Senado. Esta será a terceira oitiva do médico na comissão. A autoria do pedido foi do senador Alessandro Vieira. Segundo o senador Randolfe Rodrigues, o ministro não respondeu a uma série de questionamentos enviados pela comissão sobre os próximos passos da gestão da pandemia. Na sessão da última terça-feira, a CPI determinou prazo de 48 horas para que Queiroga informasse sobre o calendário de imunização do ano que vem, os estoques de vacinas para este ano, além dar uma justificativa sobre a descontinuação do uso da vacina CoronaVac em 2022.

A sessão desta quinta-feira da CPI da Covid começou com um depoimento emocionado do advogado Tadeu Frederico de Andrade. Ele disse ser um sobrevivente e confirmou denúncias contra a Prevent Senior, investigada por encurtar o tempo de permanência de pacientes na UTI para reduzir custos. A empresa nega. Tadeu disse que só sobreviveu por causa da luta das duas filhas contra a atitude da operadora.

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.