Eliane Cantanhêde comenta a contradição entre número disparado de mortos em março e de doses de vacina, despencado

Laís Gottardo

12 de março de 2021 | 09h58

De recorde em recorde, a pandemia ameaça parar o País, mas o presidente Jair Bolsonaro continua atacando a única arma disponível, com certeza, nessa guerra: o lockdown.

E as vacinas? Governadores do Nordeste acertam compra de doses da Sputnik V, da Rússia, e pode sair hoje acordo do Governo Federal com a Pfizer, mas o fato é que o número de mortos em março disparou e o doses despencou. 

Enquanto isso, Congresso aprova a PEC do auxílio emergencial e o Supremo faz fila para pressionar o governo por um mínimo de seriedade.

Eliane Cantanhêde ainda trata de outros assuntos e responde a perguntas de ouvintes. Ela conversa ao vivo com Haisem Abaki e Carolina Ercolin, no Jornal Eldorado, da Rádio Eldorado (FM 107,3), de segunda a sexta, das 9h às 9h30.

 

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.