Eliane comenta a ida do vice-presidente Mourão a Angola

Laís Gottardo

20 de julho de 2021 | 10h42

A manchete do Estadão traz a notícia: o presidente Jair Bolsonaro acionou o vice Hamilton Mourão para interceder em favor da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola. Com as pesquisas que sinalizam a erosão do eleitorado evangélico, Bolsonaro colocou o governo para atuar como mediador de um problema sem nenhuma relação institucional com a República.

Não só os parlamentares e a opinião pública, mas os próprios militares têm demonstrado apoio à “PEC Pazuello”, que veta militares da ativa em cargos civis, particularmente políticos.

A atual questão para Bolsonaro: vetar ou não o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, quase três vezes superior ao das últimas eleições.

E ainda: as relações de Jair Bolsonaro com o presidente da Câmara, Arthur Lira, vão bem, mas e as com o vice-presidente da Casa, Marcelo Ramos?

Eliane Cantanhêde ainda trata de outros assuntos e responde a perguntas de ouvintes. Ela conversa ao vivo com Haisem Abaki e Carolina Ercolin, no Jornal Eldorado, da Rádio Eldorado (FM 107,3), de segunda a sexta, das 9h às 9h30.

 

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.