Eliane e as menções ao Governo na CPI: ‘Se está visado é porque há corrupção’

Laís Gottardo

16 de julho de 2021 | 10h43

Em meio à crise e ao desemprego, Congresso Nacional praticamente triplica o fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões em 2022. A distribuição entre os partidos é baseada, principalmente, no tamanho das bancadas eleitas na Câmara. Com esse fundo total de R$ 5,7 bilhões, os dois partidos com as maiores bancadas no Congresso, PT e PSL, teriam, cada um, quase R$ 600 milhões para gastar com candidatos nas eleições do ano que vem.

Os preços das proteínas vão subir 10% neste ano. O aumento previsto para 2021 está bem acima da estimativa para a inflação oficial (IPCA), de 5,9%.

A CPI da Covid entrou em recesso até agosto, mas não é só pausa para pensar, é para analisar documentos e seguir em frente. Na sessão de ontem, o negociador da Davati, Cristiano Carvalho, imputou mais militares no meio da confusão.

E o presidente Jair Bolsonaro continua internado, mas seu estado é estável e a hipótese de cirurgia está cada vez mais afastada.

Eliane Cantanhêde ainda trata de outros assuntos e responde a perguntas de ouvintes. Ela conversa ao vivo com Haisem Abaki e Carolina Ercolin, no Jornal Eldorado, da Rádio Eldorado (FM 107,3), de segunda a sexta, das 9h às 9h30.

 

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.