Eliane entrevista o ex-ministro da Justiça, Miguel Reale Jr.

Laís Gottardo

16 de setembro de 2021 | 10h30

O ex-ministro da Justiça, Miguel Reale Jr., coordena um grupo de juristas da CPI da covid no Senado que apontou que cabe uma ação de impeachment por crime de responsabilidade contra o presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia. Para Reale Jr., “as acusações a Jair Bolsonaro são muito mais graves do que a Fernando Collor e a Dilma Rousseff”, citando o processo da ex-presidente, no qual foi um dos autores. “As consequências das ações de Bolsonaro ‘são terríveis’, completou o jurista.

Ao todo, o grupo de Reale Jr. identificou sete tipos de crimes cometidos pelo presidente. Além de infringir a Lei do Impeachment, Bolsonaro cometeu crimes contra a saúde pública (charlatanismo, infração de medida sanitária e epidemia), contra a administração pública (prevaricação), contra a paz pública (incitação ao crime) e contra a humanidade. A íntegra do documento está no portal do Estadão.

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.