Eliane: “O País está impregnado de miséria e ódio e em um momento de alerta”

Laís Gottardo

11 de julho de 2022 | 10h10

Um guarda municipal de Foz do Iguaçu (PR) foi morto a tiros no sábado, durante sua festa de aniversário de 50 anos, que tinha decoração com o tema do Partido dos Trabalhadores (PT). Marcelo Arruda era filiado ao PT e foi candidato a vice-prefeito em Foz do Iguaçu nas eleições de 2020. Conforme o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, o atirador, Jorge José da Rocha Guaranho, é agente penitenciário federal e apoiador do presidente Jair Bolsonaro. Arruda morreu e Guaranho ficou ferido, em estado grave. “Essa história é um marco nas eleições já tão conturbadas do Brasil de 2022. O ex-presidente Lula tem razão quando diz que isso foi gerado pelo ambiente e discurso de ódio do presidente Jair Bolsonaro. O País está impregnado de miséria, fome e ódio e em um momento de alerta e pavor”, opina Eliane.

Manifestantes fizeram um ato pró-armas neste sábado, 9, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O grupo se concentrou na Catedral Metropolitana e, por volta das 9h, e saiu em marcha pelo canteiro central da Esplanada dos Ministérios. As pessoas que participaram do ato foram vestidas de branco. Muitos carregavam bandeiras do Brasil e se autointitulavam apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). “Não entendo por que arma tem a ver com liberdade; a verdadeira liberdade é viver, enquanto armas são falta de liberdade e morte. A turba de Bolsonaro está armada em uma eleição tensa e polarizada. O presidente deveria ser o primeiro a vir a público desautorizar e desestimular esse tipo de coisa”, diz Cantanhêde.

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.