Eliane: “Oposição não teve coragem de votar contra a PEC em ano eleitoral”

Laís Gottardo

13 de julho de 2022 | 10h02

O Congresso Nacional aprovou ontem o projeto de Lei das Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2023 com regras que obrigam esta reserva e mantêm o controle das indicações nas mãos do presidente da Câmara, Arthur Lira. Foram 324 votos favoráveis e 110 contrários na Câmara e 46 a 23 no Senado. Agora, a lei dependerá de sanção do presidente Jair Bolsonaro (PL). “Antes da votação, teve muita reclamação, mas na hora da votação a PEC foi aprovada expressivamente. A oposição sabe que o grande beneficiário é o presidente Bolsonaro, mas não teve coragem de enfrentar, em ano eleitoral, porque pareceria que estaria contra o eleitor pobre”, diz Cantanhêde.

Pressionado pelo comando de sua campanha, o presidente Jair Bolsonaro telefonou para parentes do guarda civil Marcelo Arruda, tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu (PT), que foi assassinado a tiros por um militante bolsonarista durante a comemoração de seu aniversário de 50 anos no sábado. O crime foi cometido pelo policial penal federal Jorge Guaranho. Também baleado, Guaranho foi internado e, em seguida, teve prisão preventiva decretada. “Bolsonaro não manifestou empatia com a família do petista nem condenou o assassino, que é bolsonarista, e agora tem estratégia clara de transformar a vítima em réu. Ele ligou para a família, mas só para o irmão do Marcelo Arruda que tem simpatia pelo presidente. E a própria viúva lamentou o uso político da morte desta ligação. Essa estratégia só cola em bolsonaristas cegos, surdos e mudos para a realidade”, opina Eliane.

#PerguntePraEliane

Os ouvintes podem mandar perguntas para Eliane Cantanhêde pelas redes sociais da Eldorado e pelo WhatsApp no quadro #PerguntepraEliane. Para participar, basta encaminhar suas perguntas com essa hashtag para o perfil da Rádio Eldorado no Facebook, cujo endereço é facebook.com/radioeldorado. O perfil do Twitter é @eldoradoradio e do Instagram, @radioeldorado. O telefone para participar via WhatsApp é (11) 99481-1777.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Editorial Estadão”) para você ter acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.