As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: A disparada do dólar e a articulação para um centro unificado

Emanuel Bomfim

27 Abril 2018 | 06h00

Edição desta sexta-feira, 27, tem um pé na política e outro na economia. Do lado político, voltamos a debater o cenário eleitoral. O viés agora são as movimentações no centro do espectro ideológico. Apesar de caminhar de maneira pulverizada neste momento, este centro tem costurado nos bastidores alianças que possam emplacar um candidato com mais potencial de chegar ao 2º turno. E este é o caso de Geraldo Alckmin (PSDB-SP), que nesta semana voltou a se aproximar do presidente Michel Temer. Na mesa, a possibilidade de se compor uma chapa com Henrique Meirelles (MDB) de vice. É claro que o pré-candidato tucano nega oficialmente as tratativas, mas o repórter Pedro Venceslau, nosso convidado de hoje, teve acesso às negociações e conta o que estaria em jogo numa futura união entre MDB e PSDB nas eleições presidenciais.

Do lado econômico, edição desta sexta foi entender os motivos da disparada do dólar, que chegou a ultrapassar a barreira dos R$ 3,50. Seria apenas fatores externos? Ou teria interferência do cenário eleitoral? Confira o bate papo que tivemos com a editora do Broadcast econômico da Agência Estado, Silvia Araujo, sobre o assunto.

 

Você pode participar com sugestões e comentários em nossa produção de podcasts. Aguardamos o seu e-mail no seguinte endereço: podcast@estadao.com.

 

AGORA ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão acabam de ganhar um novo canal de distribuição: o serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

(Foto: Paulo Whitaker/Reuters)