‘Estadão Notícias’: “Amadorismo de Doria está custando caro para ele”, diz cientista político
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: “Amadorismo de Doria está custando caro para ele”, diz cientista político

Emanuel Bomfim

06 de dezembro de 2017 | 05h59

Edição desta quarta-feira, 06, elenca os motivos que levaram a queda de aprovação da gestão do prefeito João Doria em SP. O nível de avaliação ruim ou péssimo chegou ao patamar de 39%, segundo Datafolha, o mesmo de Haddad em seu primeiro ano de governo. Este índice de reprovação triplicou desde o início do ano. Conversamos sobre o assunto com o cientista político da FVG-SP, Claudio Couto. Para ele, as viagens e articulações eleitorais do prefeito, colocado como potencial “presidenciável”, tiveram impacto negativo significativo em sua imagem. “Essa imagem que ele acabou passando para boa parte da população de SP de alguém mais preocupado com marketing pessoal do que propriamente com a gestão pública, evidentemente teve um efeito negativo na percepção popular”, destaca.

Além disso, Couto acredita que a falta de rodagem política de alguém que se colocou como apenas um gestor também interferiu na qualidade da administração e na percepção do paulistano sobre o trabalho de Doria. “Ainda mais para alguém que, ao meu ver, para usar um jargão futebolístico, jogou de salto alto. Achou que, dada sua esperteza e sua capacidade de lidar com uma empresa privada, poderia transferir isso automaticamente para gerir uma cidade como São Paulo”. Ouça a análise completa no player acima.

 

Programa de hoje ainda repercute pesquisa sobre como o brasileiro pretende empregar o dinheiro que irá receber com a segunda parcela do 13º salário.

 

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

Prefeito prometeu “trabalhar mais” após resultado negativo em pesquisa (Fabio Motta/Estadão)

 

Tendências: