As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Até quando vai durar a candidatura de Lula?

Emanuel Bomfim

15 Agosto 2018 | 06h00

Nesta quarta (15), com o término do prazo para o registro de todas as candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PT vai cumprir sua estratégia de sobrevivência de Lula no pleito eleitoral. Tentará dar um caráter simbólico ao que, para os demais postulantes ao cargo, é mero cumprimento de uma formalidade. Não poderia ser diferente: à luz das regras, de acordo com os efeitos da Lei da Ficha Limpa, o ex-presidente, preso em Curitiba, será barrado da disputa das eleições. O que se verá agora são duas frentes de batalha para o partido: uma no campo jurídico, recorrendo às instâncias superiores da Justiça; e outra no campo eleitoral, com a necessidade de se apresentar o real candidato: o ex-prefeito de SP, Fernando Haddad. Conversamos sobre o assunto com o repórter Ricardo Galhardo, que está em Brasília acompanhando os dirigentes petistas nesta cruzada em favor de seu líder.

Na coluna “Direto ao Assunto” de hoje, José Nêumanne Pinto comenta justamente as paralisações promovidas pelo MST, em estradas e vias públicas, reivindicando que o ex-presidente Lula possa concorrer na eleição deste ano.

 

Ainda no programa de hoje, entrevistamos a “idealizadora” da União das Repúblicas Socialistas da América Latina (URSAL). O tema acabou virando “meme” na internet, após o candidato do Patriotas à Presidência, Cabo Daciolo, acusar Ciro Gomes de pertencer ao Foro de São Paulo, que teria um plano para implantar o comunismo na América de línguas espanhola e portuguesa. A ironia do caso é que a socióloga e professora universitária aposentada da Universidade Estadual de Londrina, no Paraná, Maria Lucia Victor Barbosa, criou a URSAL para criticar um encontro do Foro de São Paulo em 2001, entre os presidentes Lula, do Brasil, e Fidel Castro, de Cuba. O papo, conduzido por Carolina Ercolin, está imperdível!

 

Você pode participar com sugestões e comentários em nossa produção de podcasts. Aguardamos o seu e-mail no seguinte endereço: podcast@estadao.com.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

(Foto: New York Times)