As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Como Bolsonaro pretende arrebanhar os partidos?

Emanuel Bomfim

05 Dezembro 2018 | 06h00

Passada uma primeira fase de composição dos ministérios e os nomes que vão chefiar os postos de comando do Executivo, o presidente eleito Jair Bolsonaro, enfim, abriu frentes de diálogo com os partidos políticos. Um contato que tem sido diretamente com as bancadas e não necessariamente com os caciques e líderes dessas siglas. Ontem mesmo, a conversa se deu com o MDB e o PR. Hoje está previsto o PSDB na agenda. A ideia, segundo conta a editora da “Coluna do Estadão”, Andreza Matais, é buscar se construir uma coalizão a partir de pautas que serão fundamentais para o futuro governo. E para convencer os parlamentares, o presidente eleito tem batido na tecla que eles poderão usufruir da popularidade das futuras conquistas dessa nova gestão. Ou seja, sem a perversa lógica do “toma lá, dá cá”. Será que vai mesmo funcionar?

Por falar em partidos, o episódio de ontem do nosso programa analisou o posicionamento que pretende ter o MDB frente ao novo governo. Tentamos decifrar o que vai significar a “independência ativa” declarada em mensagem no Twitter pela sigla. Seria uma conversão do MDB em partido programático e não governista? Episódio de hoje se aprofunda no tema numa entrevista com o próprio presidente da agremiação, o senador Romero Jucá.

 

Outro assunto que tem tido ampla repercussão no noticiário foi a atitude do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, em recorrer a presença da Polícia Federal depois de ter sido abordado por um passageiro num voo para Brasília. Esse passageiro disse para o magistrado que o “STF é uma vergonha”. Fomos entender com um especialista da área do Direito: quem errou mais neste caso? O passageiro realmente cometeu um crime ou houve abuso de autoridade por parte de Lewandowski?

 

Para finalizar, como é tradição por aqui, não perca a coluna “Direto ao Assunto”, com os comentários de José Nêumanne Pinto.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.