As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: “Fake news” é um problema de escala planetária, analisa Bucci

Emanuel Bomfim

16 Novembro 2017 | 06h03

Edição do programa desta quinta-feira, 16, debate um tema crucial para as eleições do ano que vem: as notícias falsas. Segundo levantamento recente feito pela USP, cerca 12 milhões de pessoas difundem ‘fake news’ sobre política no Brasil. Sem dúvida, isso terá um impacto tremendo na construção das campanhas e no resultado das urnas. O desafio a partir de agora é como evitar que isso torne o cenário ainda mais turvo do que já é. Para debater com mais propriedade o assunto, convidamos para um bate papo Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA (Escola de Comunicações e Artes – USP), e Renato Cruz, jornalista especializado em tecnologia. “Essa questão da difusão de notícias fraudulentas com o objetivo de desestabilizar uma sociedade,  de favorecer candidatos ou de ganhar dinheiro, atingiu uma escala que é muito maior do que um país sozinho. Precisamos lembrar que hoje um terço da humanidade participa ativamente das redes sociais. Isso já causou uma alteração importante nas eleições americanas no ano passado”, lembra Bucci. “É natural que as autoridades brasileiras e de outros países queiram se proteger. O único cuidado a se observar é que elas não se arvorem a promover filtragens ou censura prévia. Isso só piora o problema”. Ouça o debate completo no player abaixo.

Outro tema do programa de hoje são as eleições presidenciais chilenas, que ocorrem neste domingo (19). A tendência é de uma vitória da direita, com o ex-presidente Sebastián Piñera, conforme informa o repórter do Estadão que está em Santiago, Pablo Pereira.

 

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.