‘Estadão Notícias’: Fim das coligações e cláusula de barreira são recebidos com simpatia, afirma especialista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Fim das coligações e cláusula de barreira são recebidos com simpatia, afirma especialista

Gustavo Lopes Alves

24 Agosto 2017 | 06h00

Edição desta quinta-feira, 24, fala sobre a reforma política que foi fatiada para que pudesse começar a votação no plenário da Câmara. Foi retirado, por exemplo, a porcentagem de 0,5% da receita corrente líquida do governo para formar o fundo público para campanhas eleitorais, e que resultaria em R$ 3,6 bilhões nas próximas eleições. Além disso, saiu da matéria o mandato de 10 anos para ministros do Supremo Tribunal Federal. Antes da sessão, uma das comissões da reforma aprovou o fim das coligações e a cláusula de barreira para ter acesso a este fundo partidário. Ouça no player abaixo:

Ainda no programa, vamos falar sobre a condenação do ex-presidente Lula que chegou ao Tribunal Federal da 4ª Região, conhecido como segunda instância. A celeridade da tramitação sugere que haverá uma definição sobre a participação do petista nas próximas eleições. Além disso, vamos entender o plano de privatização feito pelo governo federal e que inclui, além da Eletrobrás, a Casa da Moeda e o Aeroporto de Congonhas.

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO