‘Estadão Notícias’: O estrago político já está feito, afirma procurador da Câmara sobre o programa do PSDB
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: O estrago político já está feito, afirma procurador da Câmara sobre o programa do PSDB

Gustavo Lopes Alves

21 Agosto 2017 | 06h00

Edição desta segunda-feira, 31, traz a repercussão que o programa do PSDB na TV e rádio provocou no meio político. Lideranças do PMDB e do Centrão subiram o tom e passaram a cobrar publicamente que o PSDB entregue os quatro ministérios que possui no governo: Cidades, Secretaria de Governo, Relações Exteriores e Direitos Humanos. A autocritica do partido condena algumas práticas feitas pelo governo, como garimpar votos em troca de emendas parlamentares. O procurador da Câmara, Carlos Marun (PMDB-MS), informa que vai avaliar se houve desrespeito contra os deputados no programa. Ouça no player abaixo:

O programa ainda traz uma repercussão de como este programa foi tratado dentro do PSDB. O partido se mostra dividido em relação ao conteúdo levado ao ar. Para o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o governo está atuando para tentar destituir Tasso Jereissati (PSDB-CE) da presidência interina do partido. Ainda no podcast, traremos a agenda econômica desta semana.

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

Senador Tasso Jereissati (Marcelo Camargo/Agência Brasil)