As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Preso há 1 ano, Lula mantém rotina de estrategista político

Emanuel Bomfim

05 de abril de 2019 | 06h00

Neste domingo, completa-se um ano da prisão do ex-presidente Lula. Desde o fatídico 7 de abril de 2018, o líder petista perdeu o palanque e os holofotes, mas não deixou de atuar politicamente. A reclusão obrigatória, aliás, não afetou em nada seu posto de comando estratégico do PT. O repórter de ‘Política’ do Estadão, Ricardo Galhardo, conta para este episódio do podcast que Lula inclusive ajudou a delinear a postura dos parlamentares do partido na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, quando Paulo Guedes foi defender a reforma da Previdência.

Numa rotina que contempla encontros diários com advogados, visitas frequentes de parentes, amigos e correligionários, consumo de telejornais e exercícios na esteira, o ex-presidente começa a aceitar a ideia de cumprir o restante de sua pena numa prisão domiciliar. Lula passa seus dias numa cela de 15 metros quadrados, no 4º andar da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

 

Confira ainda os comentários de José Nêumanne Pinto na coluna “Direto ao Assunto”. Assunto do dia: o adiamento do julgamento no STF das ações sobre prisão após condenação em 2ª instância.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

(Foto: Lalo de Almeida/The New York Times)

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

LulaprisãoPTlava jatoPolícia Federal