‘Estadão Notícias’: Temer dá mais um passo para arquivar segunda denúncia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Temer dá mais um passo para arquivar segunda denúncia

Emanuel Bomfim

19 Outubro 2017 | 06h00

Edição desta quinta-feira tem como um de seus destaques centrais a vitória do presidente Michel Temer em votação ontem na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Por 39 votos a 26, a CCJ aprovou o parecer do deputado Bonifácio de Andrada que pede o arquivamento da denúncia apresentada contra Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência). O placar desta quarta foi menor do que o obtido pelo governo na primeira denúncia, quando a CCJ aprovou relatório a favor de Temer por 41 votos a 24. Votação no plenário da Casa está prevista para semana que vem. A questão que se coloca é o quanto o desgaste deste processo poderá enfraquecer sua base governista, já que votações importantes serão negociadas daqui para frente, como a reforma da Previdência.

Outro assunto do programa de hoje é a polêmica portaria editada pelo Ministério do Trabalho na última segunda-feira (16) que dificulta a punição de empresas que submetem trabalhadores a condições degradantes e análogas à escravidão. A norma determina que, a partir de agora, só o ministro do Trabalho pode incluir empregadores na “Lista Suja” do Trabalho Escravo, esvaziando o poder da área técnica responsável pela relação. Analisamos o assunto numa entrevista com Caio Magri, presidente do Instituto Ethos.

 

Confira ainda uma entrevista com o advogado e professor de Direito do Mackenzie, Elton Duarte Batalha, sobre a o espírito de corpo que tomou o Senado na hora de salvar a pele de Aécio Neves.

 

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

 

Rodrigo Pacheco, presidente da CCJ, e o relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) durante sessão que rejeitou denúncia contra Temer (Dida Sampaio/Estadão)