As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estadão Notícias’: Temer é carta fora do baralho na corrida presidencial em 2018?

Emanuel Bomfim

27 Novembro 2017 | 06h00

Edição desta segunda-feira, 27,  entra no debate das projeções eleitorais para o ano que vem. O foco de nossa provocação está na figura de Michel Temer. Que papel ele irá cumprir na corrida presidencial do ano que vem? Mais do que isso: ele é, de fato, uma carta fora do baralho? Convidamos dois analistas para refletir sobre a viabilidade de sua candidatura: a colunista do Estadão, Vera Magalhães, e o cientista político da consultoria Pulso Público, Vitor Oliveira. Ouça no player abaixo.

A baixíssima popularidade e o desgaste com as denúncias da PGR são alguns dos fatores que mais pesam negativamente, enquanto a economia pode surgir como tábua de salvação. “Se você imaginar um cenário em que, sim, o PMDB tenha um tempo de TV bastante razoável e a economia esteja em recuperação, você tem aí uma narrativa para o governo justificar esses 18 meses de Michel Temer. Acho que é muito difícil que isso seja associado a figura dele, principalmente pelas duas denúncias que enfrentou”, pondera Vera. “O fato do PMDB não ter uma candidatura própria tem ajudado o partido a dançar conforme a música em cada Estado. Isso é um segredos da força do PMDB. Não sei até que ponto uma candidatura nacional inviabilizaria essa estratégia. Pode ser que nem o PMDB queira uma candidatura do Temer”, destaca Vitor.

 

Programa de hoje ainda traz a tradicional agenda econômica da semana, com os comentários de Silvia Araujo, editora do Broadcast da Agência Estado. Situação das contas públicas federais e divulgação do índice de desemprego são alguns dos temas que devem marcar os próximos dias nesta área.

 

Para participar do programa com seu comentário ou sugestão, você pode mandar um email para: podcast@estadao.com

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

O ‘Estadão Notícias’ é um dos poucos podcasts disponibilizados na plataforma de streaming Spotify (conhecida pelo acervo musical). Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de buscas. Ou pode clicar diretamente neste link.

(Ueslei Marcelino/Reuters)